Diário de Aventuras

Relatos e dicas de viagens ao redor do Mundo

Arquivo para Perrengues

Trilha de Bike dos Maluketes, em Campos Floridos – MG

Eu e meus colegas começamos a fazer trilhas. Em uma sexta de sol quente fomos padalar numa estrada de terra muito elite, com 2 de trilhas. Resolvemos parar, depois que nós demos uma descansadinha fomos mais para frente, quando , nós vimos uma lugar de off road de motos ou seja dirt jump para bike tambem, resolvemos dar saltos com nossas bikes em rampas de terra altas e perigosas, e nos estavamos correndo o risco de alguem se machucar, pois as rampas eram muinto altas.

Eram rampas para moto pular e não bike, de repente dois cachorros grandes e violentos começaram a correr atras da gente, e nos naum achavamos a saida para chegar a estrada, e com aquele desespero todo, foi ficando maix perigoso ainda nossas rampadas, quando de repente, um de meus colegas rampa bem alto, do tanto que ele foi alto ele perdeu o controle e caiu, ele caiu ferido um pouco inconsciente (estava sem capacete), tivemos que chamar uma ambulancia se não ele morreria em poucos minutos (quase morreu) mais nem por isso nós naum paramos de fazer coisas radicais…. ahsuahsuah

Nunca deixem de fazer moutainbike ou seja trilha, mas faça com capacete. Não se esqueça use capacete!!

Obrigado a todos

Nome: Pedro Henrique de Souza Vilela
Email: pedrim_mtb@hotmail.com
Cidade: Uberlandia – MG

Caminhando com saúde na Lapinha – PR

1) O que fiz?
Participei da semana do Caminhador da Lapinha.

2) Como funciona?
Durante 06 (seis) fizemos trilhas diárias pela região, todas com 25 Km em média por estradas rurais, trilhas em morros.

3) Vantagens em relação as aventuras ditas radicais:
Você fica hospedado no SPA, que está mais para um hotel fazenda confortavel e tem a disposição uma alimentação saudável (natural, ovolactovegetariana, muito gostosa e orgânica).

Continue lendo »

Um relato do Ecomotion Pro 2007

Antes de qualquer coisa gostaria de agradecer a torcida de todos amigos e parceiros que acreditaram na nossa equipe.

Bem, infelizmente não foi dessa vez. Aconteceram varias coisas erradas com a organização da prova e varias coisas com a equipe tb.

Inicialmente a organização não tinha a autorização do local da largada que deveria acontecer inicialmente às 17:00 depois as 19:00 e depois de muita confusão na Urca largamos 21:00 dentro do Forte. Com isso, tivemos que fazer ajuste no mapa 3 vezes, já plastificado, para não ocorrer erros de navegação, pois o remo era longo e poderia gerar uma diferença significativa. Continue lendo »

Subida ao Monte Roraima

A seguir, apresentarei um breve relato sobre a trilha que fiz, juntamente com dois amigos, ao Monte Roraima, no período de 05 a 08 de abril de 2007. A equipe foi formada: por mim, Marcelo e César.

A decisão para subir o Monte foi muito rápida, em uma semana, para ser mais preciso. Hoje eu percebo que deveríamos ter nos preparado melhor para a subida. Primeiro com relação ao aspecto físico, pois a subida é muito cansativa e exige que a pessoa esteja com um bom preparo. Além disso, fizemos a caminhada em 04 dias, por razões de trabalho, sendo que seriam necessários uns seis dias. Menos de 06 dias a pessoa dificilmente conseguirá subir o Monte e, se subir, não poderá apreciar a beleza natural de lá.

Continue lendo »

Pico da Bandeira – é sempre uma grande aventura!!!

Fim de semana com muita chuva e frio em Campos dos Goytacazes/RJ – 28 e 29/07/07. A previsão era de tempo nublado e chuva para o fim de semana, inclusive no Parque. Mesmo assim a galera decidiu partir para o Parque Nacional do Caparaó, pelo lado mineiro, para subirmos o Pico da Bandeira.

Alguns era marinheiros de primeira viagem, outros não. Era minha terceira vez…espera ver o espetáculo do nascer do Sol como nas outras 2x (2005 e 2006).

Pico da Bandeira

Continue lendo »

Trem das Cores em Gonçalves de Minas Gerais

Eu e meu marido fizemos uma reserva na Pousada Trem das Cores para o feriado da Páscoa. Pedimos um lugar afastado pois iríamos levar um cachorro. Flavia, a dona da pousada, disse por telefone que nesse caso o apartamento Maravilha era tão isolado quanto as casinhas e que a única diferença era que ele era menor. Mas a localização do Maravilha, na verdade, é no estacionamento da pousada, coisa que só vimos quando chegamos. As cadeiras do terraço estavam imundas e o colchão da cama era daqueles que fica um buraco no meio quando dois deitam.

Continue lendo »

Trilha sozinho? Jamais!

Prezados amigos amantes das trilhas sobre motos off road, jamais saiam para as trilhas sozinho pois tudo é imprevisivel numa trilha. Tendo comprado uma moto agrale, fiquei doido para estrea-la mas sem companheiro para a trilha resolvi ir sozinho. Resultado?

Continue lendo »